Connect with us

CASO PRIOR: delegada vai ouvir novamente uma das supostas vítimas

Famosos

CASO PRIOR: delegada vai ouvir novamente uma das supostas vítimas

Maria Valéria Pereira Novaes, a delegada responsável pelo caso de Felipe Prior, quer esclarecer alguns pontos que deixaram dúvidas na primeira oitiva.

As acusações de violência sexual feitas ao ex-BBB Felipe Prior seguem nas mãos da justiça, que agora receberá mais informações pra dar continuidade ao processo.

Em entrevista ao Jornal Extra, a delegada do caso Maria Valéria Pereira Novaes afirmou que ouvirá novamente uma das supostas vítimas de Felipe Prior, para esclarecer mais alguns pontos da denúncia.

Já segundo informações apuradas pelo jornalista Erlan Bastos, a delegada quer conversar com a suposta vítima que apresentou um prontuário que mostraria um sangramento na região íntima, que permaneceu durante uma semana, segundo ela.

Apesar disso, Erlan Bastos apurou em Abril que o prontuário apresentado pela suposta vítima não mostra um sangramento ativo, sendo essa uma das contradições apresentadas pelo jornalista.

Ainda segundo o jornalista, a delegacia solicitou ao hospital a versão completa do prontuário apresentado, a fim de deixar ainda mais claro a veracidade das provas apresentadas.

A delegada Maria Valéria também está pedindo as atas da organização de jogos InterFAU, que mostrariam que Felipe Prior havia sido expulso dos campeonatos da faculdade por má conduta sexual.

Relembre das contradições apresentadas por Erlan Bastos:

“Já ouvimos todas as testemunhas do rapaz, mas não posso ter pressa, preciso fazer o necessário para conseguirmos esclarecer os fatos. Não tenho como precisar o fim do inquérito, depende da agenda da moça e das outras providências”, disse a delegada do caso em entrevista ao Jornal Extra.

Veja mais informações:

Comentários
Continue Reading

Criador de conteúdo digital, há 20 anos vivendo e aprendendo, apaixonado por entretenimento, criação e principalmente televisão. Nas redes sociais, @niconatv.

1 Comment

1 Comment

  1. Vitória Reys

    2 de junho de 2020 at 00:06

    A DDM não tinha apurado isso ainda? Só agora é pq? A ata deve ser com relação ao terceiro caso que supostamente a menina reclamou dele mas segundo a ATA a reclamação era de conduta exagerada e inoportuna nas festas, mas nada considerado um crime… pq o prontuário e a nota da interfau eram as provas q segundo a acusação o mais consistente , será,?

Deixe um comentário

Mais sobre Famosos

BOMBANDO

To Top
%d blogueiros gostam disto: